Toxina Botulínica

TOXINA BOTULÍNICA

 

A toxina botulínica, popularmente conhecida por “botox” vem sendo utilizadas há décadas por neurologistas e oftalmologistas para o tratamento de doenças musculares, e há muitos anos pelos Dermatologistas com objetivo estético e terapêutico.

 

Durante o processo de envelhecimento, os  movimentos repetitivos da nossa musculatura acabam “marcando” a nossa pele formando linhas de expressão, as temidas rugas. A toxina botulínica age diminuindo a força da contração muscular atenuando essas linhas de forma não permanente.

 

Comumente utilizada na região periocular para as atenuação dos “pés de galinha” , e na fronte e glabela para atenuação das rugas das testa, ela também pode  ser utilizada em outras áreas como região do pescoço (técnica de Nefertiti para melhora do contorno facial), orbicular da boca para melhora das rugas em “códigos de barra” e “rugas do fumante”, depressor do ângulo da boca para elevar o canto da boca e também pode ser utilizada para levantar a ponta do nariz.

 

O que poucos sabem é que a aplicação da toxina botulínica ajuda na prevenção da formação de rugas, por isso, hoje em dia se recomenda a iniciar seu uso quando as primeiras linhas de expressão aparecerem para evitar uma “marcação” profunda da pele pelas rugas.

 

A toxina botulínica na dermatologia não tem apenas indicação estética, mas também terapêutica com ótimos resultados e poucos efeitos colaterais na hiperidrose axilar (sudorese excessiva nas axilas). 

 

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, a toxina botulínica quando realizada de forma correta e por um médico dermatologista experiente apresenta um resultado muito natural. Apesar de parecer ser um procedimento muito simples, é uma arte e ciência que só um profissional com amplo conhecimentos deve realizar.