Rejuvenescimento da pele

A pele é o órgão que mais reflete os efeitos da passagem do tempo. Vários fatores “aceleram” o trabalho do relógio e provocam o envelhecimento precoce da pele. Fisiologicamente, o envelhecimento está associado à perda de tecido fibroso, à taxa mais lenta de renovação celular, e à redução da rede vascular e glandular.
O envelhecimento pode ser dividido em intrínseco e extrínseco. O envelhecimento intrínseco é decorrente de fatores genéticos, estado hormonal, metabolismo, além de alteração na espessura da pele, ressecamento cutâneo e da presença de doenças, como diabetes. Já o envelhecimento extrínseco é aquele provocado por fatores ambientais. Um dos mais importantes é a radiação solar ultravioleta, responsável tanto pelo fotoenvelhecimento quanto pelo aparecimento de câncer de pele. Daí a importância do uso diário do protetor solar. Outros fatores incluem cigarro, álcool, radicais livres, alimentação, movimentos musculares, entre outros.
Para evitar que a pele envelheça mais rápido do que deveria sugerimos proteger a pele da radiação ultravioleta com protetor solar FPS 30 ou maior, além do uso de chapéu, óculos e roupas adequadas e ficar na sombra nos horários de sol forte. Também é importante beber no mínimo dois litros de água por dia, ter uma alimentação saudável, higienizar a pele diariamente e nunca dormir de maquiagem. Fumantes que param de fumar também percebem que sua pele parece mais saudável.
Além disso há tratamentos e procedimentos pouco invasivos para atenuar as rugas e dar firmeza à pele. Os tratamentos podem variar tanto de produtos anti-envelhecimento para usar no dia-a-dia quanto procedimentos realizados em consultório, como lasers, luz intensa pulsada, preenchimentos à base de ácido hialurônico, toxina botulínica e dermoabrasão.

Agende uma consulta e veja o que é mais indicado para você ter uma pele bonita e de aparência jovem por muitos anos!